Atualmente, com o mercado cada vez mais competitivo, aliado às dificuldades conjunturais de nosso país, inúmeras sociedades empresárias vêm enfrentando diversas e enormes dificuldades financeiras e estruturais, culminando com a perda de clientes e consequentemente com o não cumprimento de suas mais diversas obrigações, perante fornecedores e empregados, ocasionando o maior temor ao empresário, a iminente possibilidade da extinção de seu negócio.

Se a sociedade empresária se encaixa na situação acima exposta, necessária e emergencial sua Reestruturação, oportunidade em que nossa equipe, após a análise detalhista de todos os fatores necessários, quais sejam, os aspectos estruturais (infra e superestrutura), financeiros e mercadológicos, auxiliará o empresário na melhor solução a ser tomada.

A Reestruturação poderá se dar no campo extrajudicial, com a realização de acordos singulares com os credores das mais diversas naturezas, acordos estes que, inclusive, poderão ser homologados na Justiça, caracterizando-se a Recuperação Extrajudicial.

Se a situação é mais complexa, viável a utilização do instituto da Recuperação Judicial, prevista na Lei 11.101/2005, tendo como característica principal, a suspensão das ações e execuções em face da empresa, dando a oportunidade de “recuperação” para posterior pagamento aos credores.

Por fim, não sendo viável a Recuperação, e com intuito de proteger a empresa, sócios, funcionários e credores, auxiliaremos e atuaremos na instauração do procedimento falimentar, necessário ao regular fechamento e extinção da sociedade, evitando problemas futuros a seus sócios.